site em construção - mais informações em breve




Associação Aramitan

A Associação Aramitan é um Centro de Desenvolvimento Sociocultural construído entre os bairros Valflor e Filipinho, em Embu Guaçu, SP .


A partir da inspiração na Antroposofia - Pedagogia Waldorf, nos quatro pilares da Educação do século 21 da UNESCO, na Declaração dos Direitos Humanos da ONU[1]  e em outras filosofias e instituições, oferece às crianças, jovens e famílias atendidas um ambiente seguro, aconchegante e inspirador em meio a natureza para acolher diversas atividades. Atua nas áreas de desenvolvimento social, cultural, intercâmbio e meio ambiente.


Foi fundada em 2005 por Santiago De Marco e sua esposa Sandra Gamarano que, com sacrifício, economias e doações, conseguiram adquirir uma área em Embu Guaçu onde havia uma construção inacabada.


Nos primeiros anos, o Aramitan começou a ser construído por mutirões de jovens voluntários de vários países, em sistema de intercâmbio. Este trabalho deu início a uma importante troca de culturas e vivências e criou o espírito de fraternidade e resiliência que continua fazendo parte do Aramitan até hoje.


Em 2009, iniciaram-se atividades voltadas para o desenvolvimento sociocultural das famílias das comunidades vizinhas e dos jovens atendidos, com ênfase ao apoio socioeducativo às crianças e ao protagonismo jovem.


Os bairros estão crescendo e com isso aumenta também o desafio de atender cada vez mais pessoas, visando a transformação que queremos no mundo e criando confiança e esperança para o futuro.


O nome Aramitan vem da língua dos Guaranis, uma etnia Indígena das Américas, que ainda mantém sua cultura viva em reservas da região. Na linguagem nativa Aramitan significa: “A criança que une o céu e a terra”.